Minha oficina foi assim, era organizada, mas ficou apertada

Ter uma oficina em casa é ter um canto só seu, no qual você sabe onde estão todas as coisas (ou, talvez, nem sempre saiba).
É um local onde você pode realizar seus projetos, consertos, ou caso não tenha muito espaço, talvez apenas ter suas ferramentas expostas e à mão.
Minha oficina, depois de inúmeras mudanças, e embora já tenha modificado novamente, estava assim.

 

 

 

Esta é uma oficina que levou anos para montar, mas tudo depende da sua conta bancária.
Basicamente, é uma bagunça organizada. É um espaço onde tenho, além de ferramentas, alguns materiais que me permitem realizar meus projetos.
Mas quando for montar a sua, fique muito atento para não acumular tranqueiras demais.
Como disse antes, minha oficina já foi assim, porém, em outro tutorial, apresentarei a sua evolução.

  1. Marcelo, queria entrar em contato contigo por e-mail….
    Sou Argentino, de San Martin de los Andes, Patagonia. Achei muito bacana o seu site, e para falar verdade, além do outro “empoeirados”, o seu é muito profissional.
    Sinto que aqui no Brasil, e principalmente em São Paulo, as pessoas não tem o costume de realizar pequenas reparações em casa, e muito menos, afinidades pelo trabalho manual… é comum que pessoas de classe média contratem uma pessoa para consertar uma pia… e se não, não teria como existir esses serviços de “marido de aluguel” ou seguro de casa onde uma equipe vai para sua casa para montar um chuveiro. Na Patagonia, por exemplo, ate o prefeito da minha cidade fazia o jardim da casa… em fim… acho que é questão de cultura…
    Mas com relação ao seu site, está muito bem montado, os seus programas são excelentes e muito didáticos… esta de parabens… se vc estiver em São Paulo, até gambostaria dar uma passada na sua oficina.
    Eu tenho também o meu canto… a minha oficina começa estar mais organizada, mas ainda falta comprar algumas máquinas…. mas aos poucos vou completando… gosto da marcenaria, e dos hobbies… grande abraços… e mais uma vez, Parabens!

  2. Parabéns, comecei a ser seu fã pois tenho a mesma linha de raciocínio. Meu avô era marceneiro da "Ferro Carris" e fabricava bondes. Acho que tenho no meu DNA essa coisa de ser marceneiro.
    Não me profissionalizei mas já construí um armário de 10 portas e outros menores que ficaram muito bons.
    Minha oficina (marcenaria) era bem artesanal, eu mesmo montei, mas fiz coisas lindas.
    Espero que Deus te ilumine.
    Abraço, Valerio.

    '

  3. Parabéns, comecei a ser seu fã pois tenho a mesma linha de raciocínio. Meu avô era marceneiro da "Ferro Carris" e fabricava bondes. Acho que tenho no meu DNA essa coisa de ser marceneiro.
    Não me profissionalizei mas já construí um armário de 10 portas e outros menores que ficaram muito bons.
    Minha oficina (marcenaria) era bem artesanal, eu mesmo montei, mas fiz coisas lindas.
    Espero que Deus te ilumine.
    Abraço, Valerio.

    '

  4. Minha oficina…deixa para lá, mas eu tó me divertindo muito, e quero parabenizar ao amigo Marcelo, pelas dicas, fiz dois criado Mudo e resolvi pintar, busquei O.C., vi o vídeo e ficou maravilha.

  5. Se voce possui uma oficina em casa e ela está uma bagunça, e as pessoas vivem chamando-o de tranquerudo, não se preocupe, basta voce organizar a bagunça de forma que cada coisa tenha seu lugar inclusive aquelas coisas que dependendo de como estão, parecem que estão esperando para ir para o lixo.Se voce der uma leitura visual organizada à sua oficina, aquela madeirinha que parecia lixo vai aparecer de outra forma.Pensem nisso!

  6. Também estou estudando uma forma de que a minha não fique assim, depois de anos mudei para uma casa, em que fiz muita coisa. O difícil é não acharmos que iremos utilizar alguma objeto em breve. Tenho certeza que conhece esta dificuldade. Muito interessante seus artigos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *